sábado, 2 de dezembro de 2006

Mobilização para a apanha da azeitona

Continuação do Beijós XXI


Apanhar:

A apanha da azeitona concentra em poucas semanas o rendimento do ano inteiro, ou até de vários anos. A mobilização é geral.

Erguer e limpar:

Tradicionalmente a azeitona é lançada e a folha é levada pelo vento, antes de ser levada ao lagar do azeite.

Plantar:

O produção continua a expandir com as novas plantações comerciais. A azeitona é um produto tradicional dos climas mediterrânicos, na Europa, mas também na California. Espanha e Itália são os principais produtores europeus.

Comercializar:

Segundo alguns estudos, os consumidores compram azeite em função da origem e do sabor suave. O azeite pode ser consumido imeditamente se processamento inicial. Muitos médicos recomendam subtstituir manteiga e outras gorduras animais por óleos mono-saturados como o azeite de oliveira, que tem anti-oxidantes. Até dizem que o azeite serve para saciar mais rapidamente e por isso pode ajudar a reduzir o número de calorias consumidas.

Sem dúvida, que há uma satisfação especial numa ceia de bacalhau com batatas e couves de Beijós temperadas no prato com um bom fio de azeite. E no final, manda a tradição dar uma volta ao prato com um pedacinho de pão pois o liquido dourado é demasiado precioso para desperdiçar.

Todos gostam de azeitonas e azeite...

...até os cabritos gostam das folhas tenrinhas da oliveira

Ver ciclo do azeite

1 comentário:

Tadeu disse...

Muito educativo.

Gostei muito.

Parabéns Micas10, excelente trabalho.